Voltar para o in�cio
Filiado a:
CTB Fasubra
 
Fale conosco  
Busca no site:
 

Boletim eletrônico
Cadastre-se e receba informações e notícias do SINT-IFESgo.
Redes Sociais

 
Você está em: Início > Notícias > APOSENTADORIA BRASILEIRA VAI SE INSPIRAR NO FALIDO MODELO CHILENO QUE PAGA SALÁRIO DE FOME A IDOSOS

APOSENTADORIA BRASILEIRA VAI SE INSPIRAR NO FALIDO MODELO CHILENO QUE PAGA SALÁRIO DE FOME A IDOSOS
 
01/11/2018

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), anunciou no início da semana que vai encontrar o presidente Michel Temer (MDB) para tentar aprovar ainda este ano a reforma da previdência. A matéria, conforme adiantado pelo futuro ministro da Fazenda, Paulo Guedes, é prioridade da nova gestão.

Uma parte da mudança pode vir com alterações na proposta que já tramita no Congresso Nacional. Outra parte virá no início de 2019, com a criação de um sistema de capitalização para a previdência no país, proposta já anunciada por Guedes em entrevistas.

"O regime de capitalização é a privatização do sistema", explica o advogado e especialista em direito previdenciário, Sergio (Pardal) Freudenthal. Ele lembra que este modelo aplicado 100% à previdência social foi adotado no Chile.

"Foi imposto sob a ditadura de Pinochet e hoje está falido e criou toda uma geração de idosos em condição de miséria", diz Freudenthal. Atualmente, o Chile, apesar de ter a maior renda per capita da América Latina, paga 30% a 40% do salário minimo aos seus aposentados e aposentadas.

A situação se agravou tanto nos últimos anos, que cresceu o número de suicídos entre idosos e o governo está precisando repensar o sistema previdenciário vigente.

A inspiração do modelo de previdência planejado pelo futuro governo Bolsonaro é justamente o sistema chileno, implantado durante a ditadura de Augusto Pinochet. Desde 1981, cada trabalhador faz a própria poupança, recolhendo entre 10% e 30% do seu salário para uma conta individual, em vez de ir para um fundo coletivo.

Esses depósitos são administrados por empresas privadas, que podem utilizar o valor para investir no mercado financeiro. Neste modelo, os empregadores não contribuem com o sistema, como ocorre hoje, e não há mais as contribuições previdenciária de empresários e de outras fontes que hoje existem.

O deputado federal eleito Vilson Luiz (PSB-MG), vice-presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), concedeu entrevista para a TV Integração, afiliada da Globo no centro-oeste mineiro, já se posicionando contra a reforma previdenciária proposta pelo novo governo. "Os trabalhadores não podem pagar a conta da crise", afirmou.

Amanhã, quinta-feira (1º), lideranças das centrais sindicais se reúnem no Dieese para organizar uma mobilização nacional contra a reforma da Previdência.

 

Fonte: CTB



  Últimas notícias
  16/11/2018
  OPINIÃO: UNEGRO, 30 ANOS, E AINDA MAIS DESAFIOS PARA GARANTIR UM BRASIL LIVRE DO RACISMO!
  ................................................................................................................................................................
  13/11/2018
  BOLSONARO RECONHECE DIFICULDADE PARA APROVAR PREVIDÊNCIA ESTE ANO
  ................................................................................................................................................................
  13/11/2018
  COMISSÃO DA OEA ALERTA SOBRE DIREITOS HUMANOS NO BRASIL
  ................................................................................................................................................................
  13/11/2018
  EM PLENÁRIA LOTADA, CENTRAIS LANÇAM CAMPANHA EM DEFESA DA APOSENTADORIA E CONVOCAM RESISTÊNCIA
  ................................................................................................................................................................
  12/11/2018
  NOTA DE PESAR - ANADIR ROSA PIRES
  ................................................................................................................................................................
  >> Ver todas
<< Voltar
 
 
 
 
  ....................................................................................................................................................................................................................................  
 


Sede Administrativa

5º Avenida, nº 1213 Setor Leste Universitário - CEP: 74.605-040
Fone: (62) 3261-4465 / Fax: (62) 3261-2149
 


Sede Social (Clube)

Rua 01, Qd. Área, Lt. 24, Chácara Califórnia
CEP.: 74.691-310 - Goiânia - GO
(saída para a Cidade Nova Veneza)
Fone: (62) 3205.16.63