Voltar para o in�cio
Filiado a:
CTB Fasubra
 
Fale conosco  
Busca no site:
 

Boletim eletrônico
Cadastre-se e receba informações e notícias do SINT-IFESgo.
Redes Sociais

 
Você está em: Início > Notícias > JUÍZES NÃO GANHAM EM EXCESSO, DIZ CÁRMEN LÚCIA EM SESSÃO DO CNJ

JUÍZES NÃO GANHAM EM EXCESSO, DIZ CÁRMEN LÚCIA EM SESSÃO DO CNJ
 
12/09/2018

Em sua última sessão como presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), ressaltou algumas de suas iniciativas à frente do órgão, dentre as quais destacou a transparência dada em relação aos salários dos magistrados brasileiros. Ela afirmou que os juízes recebem salários justos.

“A transparência aumentou até mesmo para que o cidadão soubesse. No que se diz que juízes ganham em excesso, não ganham. E está aí a comprovação pela transferência que foi dada às informações sobre as remunerações de todos nós brasileiros de forma permanente”, afirmou ela, em referência à iniciativa por meio da qual o CNJ mantém em seu portal as planilhas com os vencimentos dos magistrados em todos os tribunais do país.

No mês passado, os ministros do Supremo decidiram encaminhar ao Congresso proposta de aumento de 16,38% em seus próprios salários. Cármen Lúcia foi contra, mas foi vencida na questão.

Caso o reajuste seja aprovado pelo Legislativo, o salário de um ministro do Supremo deve passar de R$ 33,7 mil para cerca de R$ 39 mil, provocando um efeito cascata nos vencimentos de toda a magistratura.

Cármen Lúcia defendeu o trabalho dos juízes, que disse estarem submetidos a uma grande sobrecarga, mas conseguem fazer com que o país tenha uma Justiça forte, capaz de resolver conflitos de forma pacífica, sem o recurso à violência.

“Porque pela violência nós não temos nem democracia, nem sequer uma vida civilizada, o marco civilizatório se perde e podemos ter um retorno à barbárie”, afirmou a ministra.

Na quinta-feira (13), Cármen Lúcia será substituída pelo ministro Dias Toffoli na presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Fonte: Agência Brasil



  Últimas notícias
  16/11/2018
  OPINIÃO: UNEGRO, 30 ANOS, E AINDA MAIS DESAFIOS PARA GARANTIR UM BRASIL LIVRE DO RACISMO!
  ................................................................................................................................................................
  13/11/2018
  BOLSONARO RECONHECE DIFICULDADE PARA APROVAR PREVIDÊNCIA ESTE ANO
  ................................................................................................................................................................
  13/11/2018
  COMISSÃO DA OEA ALERTA SOBRE DIREITOS HUMANOS NO BRASIL
  ................................................................................................................................................................
  13/11/2018
  EM PLENÁRIA LOTADA, CENTRAIS LANÇAM CAMPANHA EM DEFESA DA APOSENTADORIA E CONVOCAM RESISTÊNCIA
  ................................................................................................................................................................
  12/11/2018
  NOTA DE PESAR - ANADIR ROSA PIRES
  ................................................................................................................................................................
  >> Ver todas
<< Voltar
 
 
 
 
  ....................................................................................................................................................................................................................................  
 


Sede Administrativa

5º Avenida, nº 1213 Setor Leste Universitário - CEP: 74.605-040
Fone: (62) 3261-4465 / Fax: (62) 3261-2149
 


Sede Social (Clube)

Rua 01, Qd. Área, Lt. 24, Chácara Califórnia
CEP.: 74.691-310 - Goiânia - GO
(saída para a Cidade Nova Veneza)
Fone: (62) 3205.16.63