Voltar para o in�cio
Filiado a:
CTB Fasubra
 
Fale conosco  
Busca no site:
 

Boletim eletrônico
Cadastre-se e receba informações e notícias do SINT-IFESgo.
Redes Sociais

 
Você está em: Início > Notícias > SERVIDORES DERRUBAM INDICAÇÃO POLÍTICA DE TEMER NO ICMBIO

SERVIDORES DERRUBAM INDICAÇÃO POLÍTICA DE TEMER NO ICMBIO
 
13/06/2018

Após denúncia de loteamento partidário, o Palácio do Planalto recuou nas indicações políticas para a presidência do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) e da Fundação Nacional do Índio (Funai). A nomeação de Cairo Tavares de Souza, membro do Pros, para a presidência do ICMBio foi suspensa.   

Em debate realizado nesta terça-feira (12), na Comissão de Legislação Participa, os funcionários do órgão afirmaram que o cargo é de natureza técnica, e que, portanto, não pode ser ocupado por pessoas sem experiência na área de gestão do meio ambiente.

Segundo o analista ambiental João Madeira, além da clara ingerência, o governo federal tem reduzido o quadro de servidores do instituto, que hoje é 12% menor do que 2007. São 1.600 servidores para cuidar de 335 unidades de conservação. “Não é o suficiente para o tamanho da missão”, denunciou Madeira.

A deputada Erika Kokay (PT-DF), que solicitou a audiência, enfatizou que a nomeação em momento algum ouviu os servidores do ICMBio, que divulgaram carta aberta à sociedade condenando o uso político do órgão para manutenção de apoio no Congresso Nacional.

 

Ela também criticou o governo por não ter mandado representantes para o debate. “É o mesmo desrespeito de querer nomear alguém que tem no seu currículo apenas a condição de ser assessor de um partido que o governo quer manter em sua base”, afirmou.

Em carta pública, elaborada por 36 organizações socioambientais, entre elas a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil e a Indigenistas Associados (INA), militantes da área enfatizaram que a Funai vem sofrendo com ingerências partidárias por meio de nomeações sem critérios técnicos nem comprometimento com as questões indígenas.

Para a presidente da INA, Andreia Bittencourt Prado, o órgão ligado ao Ministério da Justiça não vem cumprindo suas funções de promoção e proteção dos direitos dos povos indígenas por conta da distribuição dos cargos para legendas ligadas ao Planalto. “Queremos que os órgãos ambientais sejam órgãos de Estado, e não de um governo e de outro”, disse.

Bacharel em Ciências Políticas, Caio Tavares de Souza é secretário nacional de formação política do Partido Republicano da Ordem Social (Pros). Por enquanto, Silvana Canuto Medeiros é a presidente substituta do ICMBio.

Para o líder do Psol, deputado Chico Alencar (RJ), a indicação de dirigentes dos órgãos ambientais deve ser preferencialmente de servidor da área. “Pode até ser uma indicação política, mas não pode ser indicação partidária de uma pessoa sem qualificação e sem identidade seja com a causa ambiental, seja com a causa indígena”, opinou.

Após os protestos de servidores e ambientalistas, caiu o nome do primeiro indicado pelo governo – Moacir Bicalho, vice-presidente do Pros Nacional.

 

Fonte: PCdoB na Câmara, com Agência Câmara



  Últimas notícias
  13/08/2018
  EFEITO TSUNAMI DO AUMENTO SALARIAL DO STF PODE CUSTAR R$ 6,5 BILHÕES
  ................................................................................................................................................................
  13/08/2018
  SEGURIDADE TEM PERDA DE R$ 428 BILHÕES POR ANO, AFIRMAM CONVIDADOS
  ................................................................................................................................................................
  10/08/2018
  REAJUSTE DO STF TERÁ IMPACTO ANUAL DE R$ 234 MILHÕES NO EXECUTIVO
  ................................................................................................................................................................
  10/08/2018
  OPINIÃO - DIA DO BASTA: CONTRA O DESEMPREGO, A EXCLUSÃO E A EXPLORAÇÃO
  ................................................................................................................................................................
  10/08/2018
  APÓS STF, MINISTÉRIO PÚBLICO APROVA AUMENTO DE 16,38% PARA PROCURADORES
  ................................................................................................................................................................
  >> Ver todas
<< Voltar
 
 
 
 
  ....................................................................................................................................................................................................................................  
 


Sede Administrativa

5º Avenida, nº 1213 Setor Leste Universitário - CEP: 74.605-040
Fone: (62) 3261-4465 / Fax: (62) 3261-2149
 


Sede Social (Clube)

Rua 01, Qd. Área, Lt. 24, Chácara Califórnia
CEP.: 74.691-310 - Goiânia - GO
(saída para a Cidade Nova Veneza)
Fone: (62) 3205.16.63